Como planejar a aposentadoria com o consórcio?

Já pensou em planejar a aposentadoria com o consórcio? Saiba como usar a modalidade para ter um futuro tranquilo.

Entenda como a modalidade pode ajudar a construir um futuro financeiro mais tranquilo

Seja em maior ou menor medida, todos nos preocupamos com o futuro, certo? Principalmente quando o assunto é a chegada da terceira idade.

Nesta fase, nada mais justo do que ter a possibilidade de descansar com tranquilidade e segurança financeira. Afinal, passamos uma vida inteira trabalhando e planejando a aposentadoria.

Entretanto, desde que o setor previdenciário começou a passar por reformas, as inseguranças em relação a tão sonhada aposentadoria aumentaram.

Por este motivo, é preciso saber encontrar alternativas, como planejar a aposentadoria com o consórcio, por exemplo.

Afinal, no Brasil, boa parte da população tem o costume de contar unicamente com o INSS – o Instituto Nacional do Seguro Social para garantir sua aposentadoria. O problema é que contar exclusivamente com este sistema pode não garantir a estabilidade financeira que você precisa. Saiba mais!

Como a aposentadoria pelo INSS funciona?

Sempre que alguém é contratado em um trabalho formal, com assinatura na carteira de trabalho e em acordo com as normas previstas pela CLT – Consolidação das Leis Trabalhistas, o INSS já é depositado automaticamente em uma conta da Caixa Econômica Federal.

De acordo com a lei, todos os meses a empresa contratante deverá descontar um valor específico destinado ao INSS do salário do trabalhador.

Esse montante, que fica guardado em uma conta da Caixa Econômica Federal, poderá ser resgatado pelo beneficiado no futuro, quando este der entrada em sua aposentadoria.

O valor a ser descontado varia de acordo com a quantidade de salários-mínimos que você recebe.Com o salário-mínimo em R$ 1.302, a atualização mais recente do INSS aponta o percentual de contribuição da seguinte forma:

  • Salário até R$ 1.302: 7,5% de alíquota do INSS

  • Salário de R$ 1.302 a R$ 2.571,29: 9,0% de alíquota do INSS

  • Salário de R$ 2.571,30 a R$ 3.856,94: 12% de alíquota do INSS

  • Salário de R$ 3.856,95 a R$ 7.507,49: 14% de alíquota do INSS

A partir destes indicadores, é realizada uma média de todos os salários com os quais o funcionário já contribuiu.

Além de prestar atenção a estes fatores, é importante conhecer quais são as regras de transição para aposentadoria de acordo com a Reforma da Previdência.

Pontuação

A primeira regra que sofreu uma mudança na forma como é aplicada foi a norma conhecida como 86/96. Para aqueles que escolhem esse modelo, a soma da idade e do tempo de contribuição é utilizada para alcançar uma pontuação necessária para solicitar a aposentadoria.

Agora, há um escalonamento diferente para homens e mulheres, sendo 100 pontos para mulheres e 105 pontos para homens.

A pontuação exigida aumenta a cada ano e é preciso verificar em qual ano a soma da idade e do tempo de contribuição coincide com os pontos exigidos pela Previdência para que seja possível solicitar a aposentadoria.

No caso dos homens, a soma do tempo de contribuição e da idade deve ser igual ou superior a 96 pontos em 2019. Essa pontuação mínima aumentará anualmente até atingir 105 pontos em 2028.

Para as mulheres, a pontuação começa em 86 pontos em 2019 e aumenta anualmente até atingir 100 pontos em 2033.

Tempo de contribuição e idade mínima

A regra considera uma idade mínima para ter acesso à aposentadoria, independentemente do tempo de contribuição. As mulheres deverão ter ao menos 56 anos, com aumento de seis meses a cada ano até chegar a 62 anos, em 2031.

Já para os homens, a idade inicia em 61 anos, em 2019, e aumenta seis meses a cada ano, chegando a 65 anos no ano 2027.

Nos dois casos, exige-se o tempo mínimo de contribuição para o INSS: 30 anos para mulheres e 35 anos para homens.

Idade mínima

Para quem busca se aposentar por idade, dois critérios devem ser cumpridos: homens precisam ter 65 anos de idade e 15 anos de contribuição, e mulheres precisam ter 60 anos de idade e 15 anos de contribuição.

Contanto a partir de janeiro de 2020, a idade mínima de aposentadoria para mulheres é acrescida em seis meses a cada ano, chegando a 62 anos em 2023.

Da mesma forma, a partir de janeiro de 2020, o tempo de contribuição necessário para aposentadoria dos homens será acrescido em seis meses a cada ano, até chegar a 20 anos em 2029.

Como se preparar financeiramente para a aposentadoria?

Diante das novas regras da Previdência, fica claro que contar apenas com a aposentadoria pública pode não ser o bastante, daí a importância de buscar alternativas.

Para entender por que o consórcio para aposentadoria é uma boa, é preciso saber como se preparar financeiramente para a aposentadoria, ou seja, como desenvolver um plano que atenda às suas necessidades financeiras.

Ter o devido cuidado para organizar este fundo com sabedoria é essencial, principalmente no Brasil, onde cerca de 90% das pessoas com mais de 25 anos não poupam dinheiro pensando na aposentadoria.

Este cenário é um indicador de como o povo brasileiro vem lidando com seu dinheiro e com seu planejamento de vida.

Além disso, é essencial ressaltar que depender do INSS pode não ser tão vantajoso para muitas pessoas, especialmente para aquelas que não trabalham com registro em CLT. Por isso mesmo, é preciso pensar em outras formas de se ter uma boa aposentadoria.

Vale ressaltar ainda que cada vez menos brasileiros têm empregos com registro formal. Esse é o caso de mais de 40% da força de trabalho brasileira, de acordo com o último levantamento feito pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Isso significa que uma parcela bastante expressiva da população não consegue contribuir com o INSS.

Além disso, para microempreendedores, como aqueles que trabalham com o MEI, e donos de pequenas empresas, depender do sistema previdenciário público também pode não trazer resultados tão vantajosos assim.

Por estes motivos, saber como se aposentar com o consórcio pode ser a chave para um futuro mais tranquilo.

Antes de decidir se o consórcio para aposentadoria é uma boa para você ou não, é interessante que se organize um planejamento de vida, para entender o que precisa fazer para ter a aposentadoria que deseja. Para isso, é que interessante que você siga as dicas abaixo!

Estabeleça quais são os seus objetivos

O primeiro passo antes de qualquer planejamento financeiro de longo prazo, como planejar a aposentadoria com o consórcio, é entender qual tipo de padrão de vida deseja ter.

Se seu objetivo é conseguir parar de trabalhar o mais rápido possível, antes da idade padrão estipulada pelo INSS, por exemplo, será preciso levar em conta o fato de que terá que se dispor a poupar um pouco mais mês a mês, principalmente se você já não estiver no início da sua vida adulta.

Já para pessoas mais jovens, é mais fácil conseguir uma boa reserva sem ter que investir tanto de sua renda mensal, caso o objetivo seja aproveitar a aposentadoria apenas depois de 30 ou 40 anos.

Entenda qual o seu perfil de consumo

Para que este esquema de quanto poderá investir para seu fundo de aposentadoria seja planejado com responsabilidade, o segundo passo é ter uma visão clara do seu perfil de consumo, ao lado da sua renda.

Se no momento parte significativa dos seus ganhos são destinados a gastos básicos, será preciso avaliar um plano que lhe exija um investimento menor, pelo menos no início.

Aqui, também é essencial entender quais tipos de gastos são realmente essenciais ou não. Se você é do tipo que costuma consumir por impulso e tem dificuldade de organizar suas finanças, é interessante fazer uso de aplicativos de controle financeiro para que possa identificar seu perfil de consumo com mais facilidade.

Buscar o suporte de especialistas do ramo financeiro para organizar sua vida econômica com mais exatidão também pode ser uma boa medida.

Afinal, a educação financeira em nosso país ainda é algo que nem todos têm acesso. Por vezes, muitos deixam de otimizar o uso de seu dinheiro por falta de informação.

Entenda como você economiza seu dinheiro

Por fim, é importante dedicar um momento para realizar uma autoanálise para entender quais são as suas dificuldades na hora de economizar parte do seu dinheiro.

No Brasil, por exemplo, um dos meios mais populares de se construir uma reserva financeira é pela poupança. Entretanto, apesar de muitos usarem este meio, nem todos conseguem conquistar seus objetivos por meio da Poupança.

Isto porque, além de render pouco, economizar por meio da Poupança pode ser uma dificuldade para muitas pessoas, já que exige alto nível de disciplina.

Afinal, ao economizar pela Poupança não haverá nenhuma pressão externa para realizar o depósito de um valor específico todos os meses, nem um lembrete para que os depósitos sejam feitos.

Isso faz com que muitas pessoas acabem deixando de ter o comprometimento necessário com suas economias, por vezes até pelo esquecimento.

Para quem se encaixa neste perfil, planejar a aposentadoria com o consórcio pode ser a melhor escolha.

Como planejar a aposentadoria com o consórcio

Como ingressar em um grupo de consórcio pode ser considerado um investimento de médio a longo prazo, optar por esta alternativa é uma boa medida para quem deseja se planejar para a aposentadoria.

Os grupos funcionam como coletivos formados por pessoas que se reúnem com um interesse em comum: ter acesso a um bem ou serviço.

Assim sendo, todos os meses (pelo prazo previamente estabelecido na criação do grupo) os integrantes contribuem com um determinado valor até que todos os consorciados ativos tenham sido contemplados.

A contemplação é o momento em que o integrante do consórcio tem acesso a sua carta de crédito, que corresponde ao valor integral do serviço ou bem ao qual o consórcio está direcionado.

Por exemplo, uma pessoa que ingressa em um consórcio de imóvel para obter uma casa de R$ 200 mil, receberá uma carta de crédito com este valor ao ser contemplada, o que lhe permitirá adquirir o bem almejado à vista.

Falando em consórcio imobiliário, esta é uma das melhores opções de como usar a carta de crédito do consórcio para planejar aposentadoria, já que se trata de uma modalidade que trabalha com valores altos de carta de crédito, ideais para um bom fundo de aposentadoria.

Além do montante em si, ele também pode ser usado para quem tem interesse em manter ocupações mais tranquilas durante a aposentadoria e conseguir uma renda extra com o aluguel de uma de suas propriedades, por exemplo.

Outro fator importante é pensar na relação tempo e valor, como comentamos anteriormente. Quanto mais jovem você for, menos precisará investir mensalmente, caso não tenha tanta pressa em se aposentar.

Como escolher o melhor grupo para planejar a aposentadoria com o consórcio?

Para garantir que escolherá o melhor tipo de grupo, é preciso pensar se deseja adquirir um recurso a médio prazo apenas como forma de incrementar suas finanças, ou se deseja, de fato, construir sua reserva para a aposentadoria por meio do consórcio no longo prazo.

No primeiro cenário, opções como um consórcio de veículos, ou grupos voltados à área de serviços podem ser suficientes para lhe trazer o retorno desejado. Já para investimentos de longo prazo, o consórcio de imóveis tende a ser o mais recomendado.

Para ter a certeza de que escolherá a opção de grupo que mais se encaixa com o seu perfil para planejar a aposentadoria com o consórcio, também é essencial contar com uma administradora de confiança.

Para tal, é preciso confirmar se a mesma está regulamentada pelo Banco Central, já que todas as empresas administradoras de consórcio devem ter sua atuação atestada pelo órgão. Esse é o caso da Porto Vale Consórcio, a maior afiliada do grupo Porto no setor de consórcios.

Aqui, o seu planejamento do consórcio é feito com o suporte de especialistas do ramo, que contam com vasta experiência de mercado.

Ao entrar em contato com o time, será possível contar com o suporte dos nossos consultores e entender como usar sua carta de crédito da forma que atenda os seus objetivos ao planejar a aposentadoria com o consórcio. Cadastre suas informações para solicitar uma simulação sem compromisso!